Micro e pequenas empresas com até 19 empregados geraram 46% dos empregos em Birigui


As micro e pequenas empresas biriguienses que empregam até 19 trabalhadores foram destaque na geração de empregos, colaborando para o saldo positivo de postos de trabalho na cidade. As empresas geraram 765 empregos formais dos 1.642 postos do acumulado de janeiro a agosto deste ano, correspondendo a 46,6% do total.

Conforme dados divulgados pelo Observatório de Inteligência Econômica da Prefeitura de Birigui, estabelecimentos do setor industrial foram as que mais contrataram no período, com saldo de 631 postos de trabalho, seguido pelo comércio com 131 e do setor de transporte, armazenagem e correio com 24 postos.

A liderança no ranking foi para as unidades produtivas com 10 a 19 vínculos empregatícios, que fecharam com saldo de 327 postos de trabalho no ano. Empresas que empregam de 1 a 4 trabalhadores fecharam com saldo de 273 postos, seguida pelos estabelecimentos com 5 a 9 empregados, com saldo positivo de 165 empregos formais.

GRAU DE INSTRUÇÃO 

Analisando o resultado da empregabilidade biriguiense por grau de instrução, o destaque foi para os trabalhadores que possuem ensino médio completo, com saldo positivo de 1.295 postos de trabalho; seguido pelo ensino médio incompleto com 197; superior incompleto com 51 e fundamental completo com 48 postos.

Em relação à dinâmica de instalação de empresas, o levantamento do Observatório de Inteligência Econômica demonstra que 89% dos empreendimentos instalados neste no ano são micro e pequenas empresas, lideradas pelo setor de comércio, seguida pelos segmentos de serviços e indústria.

Conforme o secretário da SDE (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), Nivaldo Albani, o plano de trabalho da gestão do prefeito Leandro Maffeis objetiva incentivar e estimular cada vez mais o desenvolvimento das micro e pequenas empresas.

“O trabalho iniciado pela equipe da SDE está trazendo resultados para o município, com a geração de emprego e renda nas micro e pequenas empresas e diversificação da estrutura produtiva local com a instalação de novos empreendimentos”, avaliou. 

OBSERVATÓRIO

O projeto Observatório de Inteligência Econômica tem por objetivo suprir as demandas de informações e conhecimento dos agentes econômicos do município, além de subsidiar o desenvolvimento de políticas públicas voltadas a geração de emprego, renda e ao desenvolvimento local. Os relatórios divulgados pela SDE estão disponíveis no site sedecti.org.

Tags

buttons=(Aceito) days=(20)

Este site usa cookies do Google para personalizar anúncios e analisar o tráfego. Isso é feito para garantir que você tenha a melhor experiência possível ao acessa-lo. Saiba mais
Accept !